Dúvidas? Entre em contato: (11) 2223-3310 / cadastro@esperia.com.br

10 motivos para consumir óleo de coco

Na forma líquida ou na de pílula, o óleo de coco é um extrato natural obtido a partir da prensagem do coco maduro, que pode ser fresco ou seco. Devido a diversas propriedades, ele vem sendo recomendado em dietas, podendo trazer diversos benefícios à saúde.

Confira:
1 - Ajuda no Emagrecimento
O óleo de coco é considerado “termogênico”, ou seja, capaz de gerar calor e queimar calorias.
2 - Ação antioxidante

A gordura de coco diminuiu as necessidades de vitamina “E” do organismo, contribuindo com a produção de radicais livres.
3 - Reduz o mau colesterol
O óleo de coco diminui o mau Colesterol (LDL) e evita sua oxidação.
4 - Eleva o bom colesterol
Atua também em benefício do bom colesterol (HDL) aumentando seus níveis e contribuindo na prevenção e tratamento de doenças cerebrais e cardiovasculares.
5 - Auxilia a Tireoide
Melhora o funcionamento da tireoide, agindo como elemento antienvelhecimento.
6 - Regula a função intestinal
Os componentes da gordura de coco agem normalizando as funções intestinais.
7 - Ação dermatológica
Pode ser utilizada como cicatrizante de feridas e tratamento para queimaduras, herpes e candidíase.
8 - Ação cosmética
A gordura de coco pode ser aplicada diretamente sobre a pele e cabelos, funcionando com um “condicionador” natural.
9 - Fortalece o sistema imunológico
Melhora a absorção dos diversos nutrientes, aumentando todas as defesas do organismo e combatendo vermes, bactérias e fungos.
10 - Indiferença para os diabéticos
Não há perigo da ingestão deste óleo para os portadores de diabetes, pois ele não estimula a liberação de insulina.
Lembre-se que não há contraindicações para seu uso, quando consumido em uma quantidade de 30-45ml/dia (2 a 3 colheres de sopa).  Recomenda-se começar seu consumo com uma pequena quantidade (equivalente a ½ colher de sopa) e ir aumentando o consumo gradualmente. O consumo excessivo pode levar a enjoo e mal estar.
Dica de uso: substitua a manteiga nas pipocas pelo óleo de coco e adicione em preparações frias, como saladas, sucos, shakes, misturado à granola, iogurte, salada de frutas etc.
Na dúvida, consulte seu médico.

Fontes:  Oleodecoco (blog), Veja (site), M de mulher, Corpo a corpo e Blog do Mundo Verde.

Sobre o Autor

Por mktmasters / Administrator, bbp_keymaster on abr 16, 2012

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Skip to content