Dúvidas? Entre em contato: (11) 2223-3310 / cadastro@esperia.com.br

Tênis – Conquistas da Semana

A equipe de Tênis do Esperia continua arrasando nas principais competições da modalidade! Pelo Torneio Aberto Play Tennis, Maria Fernanda Gouveia foi campeã da categoria 18F. No mesmo torneio, João Sarracine Sousa foi vice-campeão da categoria 14MP. No Torneio Aberto da Associação Atlética Ararense, Victor Costa Gonçalves também ficou com o vice-campeonato.
Já a esperiota Alessandra Mecchi Silva foi campeã da seletiva regional sudeste da Liga Esportiva Universitária realizada em Curitiba-PR. Com este título ela se classificou para a fase nacional da competição. Nossa equipe 12M venceu o Clube Internacional de Regatas pelo Campeonato Paulista Interclubes. O time formado por Victor Braga, Breno Braga e Henrique Brito, capitaneados por Gabriel Gomes, Henrique e Victor venceu seus jogos de simples sem dar chances aos adversários.  Enquanto isso a equipe 14F ficou com o vice-campeonato Paulista Interclubes. Giovanna Piedemonte, Vitoria Santos, Nayara Santos e Tayna Paula garantiram a 2ª colocação na competição.
47º Campeonato Aberto
Nosso Clube realizamos a última etapa do semestre do 47º Campeonato Aberto, com 68 inscritos nas categorias 1M1, 1M2, 3M1, 5M1, 5M1, PF1, PF2 e 50MB. Com alto nível de organização, árbitros presentes em todas as quadras os jogos ocorreram sem atrasos e foram concluídos no domingo à noite. Nossos  jogadores faturaram cinco títulos:  Vagner Braga foi campeão da categoria 50MB. Na final da categoria 3M1, os esperiotas Flavio Tomazella e Matheus Sabino se enfrentaram. Flavio venceu e ficou com o título. Outra final toda esperiota aconteceu na categoria PF1, onde Thayna Paula foi campeã ao vencer Nayara Santos.
No Clube Esperia a modalidade de Tênis conta com recursos financeiros provenientes da aprovação do projeto de formação de atletas pelo Comitê Brasileiro de Clubes – CBC.
Parabéns a todos!!
Sobre o Comitê Brasileiro de Clubes
Desde janeiro de 2014, o Comitê Brasileiro de Clubes – CBC passou a fazer parte do sistema nacional do esporte, pela nova legislação esportiva conhecida como Nova Lei Pelé. A entidade recebe via Ministério do Esporte, 0,5% dos recursos das loterias da Caixa Econômica Federal.
O CBC coordena a distribuição dos recursos públicos única e exclusivamente para a formação de atletas olímpicos e paralímpicos nos clubes esportivos sociais. Para participar do processo de seleção, os clubes montam projetos de acordo com o edital de chamamento divulgado pelo CBC e, se aprovado, recebem o dinheiro.
Quanto aos projetos, a diretoria técnica é responsável por todas as fases da descentralização, desde a proposta de editais e suas fases para classificação na sequência, como também todas as fases do convênio – celebração, acompanhamento, fiscalização e prestação de contas.
No Brasil, são os clubes os responsáveis pela formação de atletas de ponta. Na Olimpíada de Pequim, em 2008, dos atletas brasileiros que participaram 77% eram de clubes. Em Londres, em 2012, esse número subiu para 87%. Além disso, o clube é local de relações sociais, culturais, recreativas, de lazer e educativas.

Sobre o Autor

Por mktmasters / Administrator, bbp_keymaster on jun 09, 2017

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content