Dúvidas? Entre em contato: (11) 2223-3310 / cadastro@esperia.com.br

Comitê Brasileiro de Clubes – CBC promove cerimônia para apresentar nova marca

Em cerimônia que apresentará sua nova marca no dia 23 de janeiro, na sede do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro/RJ, o Comitê Brasileiro de Clubes – CBC consolidará o trabalho desenvolvido pela então Confederação Brasileira de Clubes desde 2014, quando passou a receber e descentralizar recursos de concursos de prognósticos (0,5%) previstos na Nova Lei Pelé para a formação de atletas olímpicos e paralímpicos em clubes de todo o Brasil.
Na ocasião, a CBC fará repasse de verba, para projetos aprovados na Nova Lei Pelé, para 30 clubes que poderão custear o pagamento de 705 profissionais da área esportiva, entre técnicos, auxiliares, preparadores físicos e fisioterapeutas referentes ao Edital de Chamamento de Projetos no 6. São 37 modalidades olímpicas e paralímpicas atendidas no total, beneficiando cerca de 15 mil atletas beneficiados.
O Esperia está entre os contemplados e será representado no evento pelo presidente do Clube, Dr. Osmar Monteiro e pelo atleta paralímpico Rodrigo Arão de Carvalho, da equipe de Basquete em Cadeira de Rodas, ADD/Magic Hands Esperia.
“Estamos na contramão da crise, pois este Edital proporcionou manutenção e/ou criação de novos postos de trabalho, contemplando a contratação de equipes técnicas e multidisciplinares pelos clubes para o próximo ciclo olímpico e paralímpico, o que representa um grande passo rumo a Tóquio 2020”, explica Jair Alfredo Pereira, presidente do CBC.
Neste mesmo período, que engloba os próximos quatro anos, o agora Comitê Brasileiro de Clubes injetará mais R$120 milhões para o Edital de Chamamento de Projetos no 7 (desta vez voltado à participação de atletas em competições nacionais), coroando todo este trabalho e o CBC se equipara nominalmente às outras duas entidades do Sistema Nacional do Desporto (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro), reafirmando sua tarefa voltada à formação de atletas olímpicos e paralímpicos nos clubes esportivos. “O investimento nos clubes é acertado, já que são celeiros de talentos e berço do esporte nacional. Nos Jogos Olímpicos do Rio, 84% dos atletas brasileiros eram oriundos de clubes”, completa Pereira.
Nova identidade visual – Além do repasse dos valores de seus respectivos projetos aos 30 presidentes de clubes participantes do Edital de Chamamento de Projetos no6 que será feito pelo Ministro do Esporte Leonardo Picciani, será apresentada também à comunidade esportiva a nova identidade visual do CBC, que passa a ter como símbolo um atleta estilizado em ponto de partida com impulso e força. Já a nova tipografia remete à receptividade de um atleta de braços abertos, que busca inspiração dos céus levando consigo as cores de nossa bandeira nacional.

Sobre o Autor

Por mktmasters / Administrator, bbp_keymaster on jan 20, 2017

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content