Dúvidas? Entre em contato: (11) 2223-3310 / cadastro@esperia.com.br

Atletismo: Campeonato Sul-Americano Sub 20

O esperiota Vittor Matheus de Souza, da equipe do projeto de formação do Esperia que conta com recursos repassados pelo Comitê Brasileiro de Clubes – CBC, participou do Campeonato Sul-Americano Sub 20 e arrasou! O atleta representou não só o Esperia, mas todo o país ao integrar a seleção.
Vittor, que já havia conquistado o 1º lugar no Campeonato Brasileiro (CBAt), disputou o Sul-Americano entre os dias 2 e 4 de junho e ficou com a medalha de ouro no Revezamento 4x100m rasos e prata nos 110m. A competição aconteceu em Georgetown (Guyana Inglesa).
“Os Campeonatos Sul-americanos (Continental) em cada categoria são eventos realizados pela Consudatle (Confederação Sudamericana de Atletismo) a cada dois anos de forma que os atletas das categorias de base/formação tenham a oportunidade de participação em um dos momentos de sua passagem por esta categoria”, comenta o técnico do Clube, Marcelo Lima.
Parabéns pela conquista Vittor! #Avante Esperia
Sobre o Comitê Brasileiro de Clubes
Desde janeiro de 2014, o Comitê Brasileiro de Clubes – CBC passou a fazer parte do sistema nacional do esporte, pela nova legislação esportiva conhecida como Nova Lei Pelé. A entidade recebe via Ministério do Esporte, 0,5% dos recursos das loterias da Caixa Econômica Federal.
O CBC coordena a distribuição dos recursos públicos única e exclusivamente para a formação de atletas olímpicos e paralímpicos nos clubes esportivos sociais. Para participar do processo de seleção, os clubes montam projetos de acordo com o edital de chamamento divulgado pelo CBC e, se aprovado, recebem o dinheiro.
Quanto aos projetos, a diretoria técnica é responsável por todas as fases da descentralização, desde a proposta de editais e suas fases para classificação na sequência, como também todas as fases do convênio – celebração, acompanhamento, fiscalização e prestação de contas.
No Brasil, são os clubes os responsáveis pela formação de atletas de ponta. Na Olimpíada de Pequim, em 2008, dos atletas brasileiros que participaram 77% eram de clubes. Em Londres, em 2012, esse número subiu para 87%. Além disso, o clube é local de relações sociais, culturais, recreativas, de lazer e educativas.

Sobre o Autor

Por mktmasters / Administrator, bbp_keymaster on jun 14, 2017

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Skip to content